terça-feira, 29 de abril de 2014

JIMMY SANTA CRUZ E JUST FRIENDS DIVAS IN CONCERT TODAS SEXTA DE MAIO NO HOTEL SOFITEL


PROGRAMAÇÃO DE MAIO DA BOURBOM STREET


09:00 (Há 2 horas)
para 

 
PROGRAMAÇÃO DE MAIO 2014 - Atualizada em 25/04/2014
 
Destaques
08/05 – Carlise Guy, cantora americana ( filha de Buddy Guy), faz show às 21h30, mas a noite continua com a Noite Soul, show às 23h30, com Reverendo Franklin e Vivian Lemos ( The Voice). O couvert artístico de R$ 50,00 vale para os dois shows.
13/05 – Giana Viscardi – a cantora traz o repertório do mais recente do cd Orum e sucessos da carreira.
14/05 – John Pizzarelli – o cantor americano vem ao Brasil para uma turnê e apresenta-se na casa.
16/05 - Smithfield Bargain - direto de Los Angeles, a bem-humorada banda de folk Smithfield Bargain vem para o Brasil com o show de lançamento de seu primeiro álbum " Pack Up the Moon". Com influências de Billie Holiday, Ella Fitzgerald e Edith Piaf, o grupo, que faz showàs 22h30, é formado pelos irmãos Daniel e David Landau e a cantora Sri Panchalam. A noite continua com a banda Junkie Box,apresentando-se à 00h00. O couvert artístico de R$ 55,00 vale para os dois shows.
21/05 – Preservation Hall Jazz Band – uma das atrações do Bourbon Festival Paraty, faz única apresentação em São Paulo. Com mais de 50 anos de estrada, a Preservation Hall Jazz Band é a mais antiga e tradicional banda de jazz em atividade. Acaba de lançar seu mais recente álbum, That's it, o primeiro em sua história apenas com músicas originais. O New Orleans Jazz & Heritage Festival 2014, um dos maiores e mais importantes Festivais do mundo, usou a música que dá título ao álbum para ser a trilha do vídeo de divulgação de seu line-up e ainda escolheu a banda para estampar o poster deste ano.
22/05 – Shemekia Copeland – cantora americana, filha do lendário guitarrista de blues do Texas, Jonny Clyde Copeland, vem pela segunda vez ao Brasil, para participar do Bourbon Festival Paraty.
24/05 – Andy Mckee – violonista americano, atração do Bourbon Festival Paraty, vem ao Brasil pela segunda vez. Atenção para o horário do show, 18h (casa abre às 16h30). Continuando a noite, a banda Serial Funkers apresenta-se a partir da 00h00 (casa abre ás 21h00). Cada show tem um valor de couvert artístico(ver release).
27/05 – Patti Austin – cantora americana, vem pela primeira vez ao Brasil como atração do Bourbon Festival Paraty e apresenta-se na casa.
 *** Esta programação poderá sofrer alterações por motivos alheios a nossa vontade.  
 DATAATRAÇÃOHORA DO SHOWPREÇOESTILO
1QUINTA-FEIRARAEL 22H30R$ 70,00RAP/POP  COM INFLUÊNCIAS DE JAZZ/ REGGAE / MPB
2SEXTA-FEIRAFRANK ELVIS E LOS SINATRAS 00H00R$55,00POP / ROCK
3SÁBADOSOUNDTRACKERS  00H00R$ 65,00TRILHA SONORA DE CINEMA
4DOMINGOFERNANDO FERRER 21H30R$32,00MÚSICA LATINA
5SEGUNDA-FEIRACASA FECHADA******
6TERÇA-FEIRAANTHONY RILEY 21H30R$70,00 PISTA / R$95,00 CAMAROTESOUL / R&B
7QUARTA-FEIRABLUES N´ JAZZ PARTY (ADRIANO GRINEBERG)21H30R$ 45,00BLUES
8QUINTA-FEIRACARLISE GUY (FILHA DO BUDDY GUY)21H30R$ 50,00BLUES 
NOITE SOUL COM REVERENDO FRANKLIN E VIVIAN LEMOS DO THE VOICE23H30SOUL
9SEXTA-FEIRAJACK JOE00H00R$ 55,00BLACK MUSIC/DANCE/DISCO
10SÁBADOBIG TIME ORCHESTRA00H00R$ 65,00SOUL / SWING
11DOMINGOPEDRO LA COLINA21H30R$32,00MÚSICA LATINA
12SEGUNDA-FEIRACASA FECHADA******
13TERÇA-FEIRAGIANA VISCARD I21H30R$ 40,00JAZZ E MÚSICA BRASILEIRA 
14QUARTA-FEIRAJOHN PIZZARELLI (TRIO DE JAZZ ANTES DO SHOW)21H301º lote: R$190,00JAZZ NIGHTS
15QUINTA-FEIRALEO MANCINI**21H45R$ 50,00POP / ROCK
16SEXTA-FEIRASMITHFIELD BARGAIN (CASA ABRE ÀS 21H00)22H30R$ 55,00FOLK
JUNKIE BOX00H00SOUL / SWING
17SÁBADOJACK JOE00H00R$ 65,00BLACK MUSIC/DANCE/DISCO
18DOMINGOLYRA LATINA21H30R$32,00MÚSICA LATINA
19SEGUNDA-FEIRACASA FECHADA******
20TERÇA-FEIRAa confirmar21H301º lote: R$190,00JAZZ NIGHTS
21QUARTA-FEIRAPRESERVATION HALL JAZZ BAND  (TRIO DE JAZZ ANTES DO SHOW)21H301º lote: R$150,00TRADITIONAL JAZZ
22QUINTA-FEIRASHEMEKIA COPELAND 22H301º lote: R$95,00BLUES 
23SEXTA-FEIRASERIAL FUNKERS 00H00R$ 55,00FUNK / BLACK DANÇANTE
24SÁBADOANDY MCKEE (CASA ABRE ÀS 16H30)18H00R$ 90,00FOLK / BLUES / ROCK
SERIAL FUNKERS (CASA ABRE ÀS 21H00)00H00R$65,00FUNK / BLACK DANÇANTE
25DOMINGOFERNANDO FERRER 21H30R$32,00MÚSICA LATINA
26SEGUNDA-FEIRACASA FECHADA******
27TERÇA-FEIRAPATTI AUSTIN (TRIO DE JAZZ ANTES DO SHOW)21H301º lote: R$170,00JAZZ
28QUARTA-FEIRAJOE ROBERTS 21H30R$ 40,00CLASSICS
29QUINTA-FEIRAABBEY ROAD 22H30R$ 60,00ROCK / BEATLES
30SEXTA-FEIRAJUNKIE BOX00H00R$55,00DISCO / FLASHBACK
31SÁBADOAMBERVISION 00H00R$65,00DISCO ANOS 70/SOUL ANOS 80

IARA FERREIRA NO BOTTLE´S BAR -BECO DAS GARRAFAS - 29/04/2014


LEO GANDELMAN COM EDUARDO FARIAS NO TCE RJ 30/04/2014


MASÉ SANT´ANNA NO OTTO MUSIC HALL 03/04/2014


segunda-feira, 28 de abril de 2014

Morre, aos 77 anos, o crítico de jazz José Domingos Raffaelli


Do UOL, em São Paulo
  • Reprodução/Facebook
    Publicada pelo filho Flávio no Facebook, foto de 2010 mostra José Domingos Raffaelli ao lado do grupo americano Kool & the Gang
    Publicada pelo filho Flávio no Facebook, foto de 2010 mostra José Domingos Raffaelli ao lado do grupo americano Kool & the Gang
Morreu, na madrugada deste sábado (27), o crítico de música José Domingos Raffaelli, considerado um dos nomes mais importantes do Brasil na análise e difusão do jazz. Ao UOL, seu filho Flávio disse que o crítico lutava contra um tumor na coluna e estava internado no hospital Souza Aguiar, no Rio de Janeiro.
Em abril deste ano, ele fez um post no Facebook avisando a amigos que a doença já estava em metástase. O velório acontece neste domingo no cemitério de São João Batista, no Rio. O enterro será realizado às 16h no mesmo local. 
Premiado pela International Association of Jazz Educators (IAJE), em 1999, como o melhor crítico do gênero fora dos EUA, Raffaelli era um entusiasta da música instrumental. Foi também responsável pelo primeiro artigo sobre bossa nova, escrito em 1959, para o jornal "Última Hora".
Começou a escrever profissionalmente sobre jazz na década de 1950, para uma revista chamada "Quinta Avenida". Como jornalista especializado no gênero, atuou no jornal "O Globo", de 1987 a 2002. Escreveu também para o "Jornal do Brasil" (de 1972 a 87) e "O tempo", de Belo Horizonte, entre os anos 2002 e 2003, além de colaborar com diversas publicações nacionais e revistas estrangeiras.

sexta-feira, 25 de abril de 2014

LUIZ OTÁVIO TRIO COM ROGÉRIO DE CASTRO - SPAIN - JAZZ NA RUA DO MERCADO ...

LUIZ OTÁVIO TRIO E GIULIANO LIMA - VERACRUZ - JAZZ NA RUA DO MERCADO - 1...

JOÃO BRAGA TRIO - FUZUÉ - JAZZ NA RUA DO MERCADO -30 /07/2013

JOÃO BRAGA TRIO - MAÇA - JAZZ NA RUA DO MERCADO - 30/07/2013

POWER TRIO NO BOTTLE´S BAR - BECO DAS GARRAFAS 27/04/2014

DOMINGO | 27 DE ABRIL
Grátis - Power Trio
3 novos nomes de destaque na cena instrumental carioca, sendo uma baixista russa com alma brasileira, Victor Bertrami (bateria), Luiz Otávio (piano) e Marfa Kourakina (baixo) promovem uma jam session no Beco das Garrafas com diversos músicos convidados e palco aberto à canjas. No repertório, temas instrumentais do samba-jazz e da bossa nova.
Bottle's Bar - Beco das Garrafas: Rua Duvivier, 37. Lojas J e K. Copacabana - 96800-8683. Dom, às 19h. Livre. Não recomendado a menores de 18 anos.


AMANDA BRAVO E FLAVIA DANTAS NO BOTTLE´S BAR - BECO DAS GARRAFAS 26/04/2014

SÁBADO | 26 DE ABRIL
Amanda Bravo e Flavia Dantas
A cantora faz um passeio pela bossa nova e faz uma homenagem a Vinícius de Moraes e a seu pai, Durval Ferreira, num repertório que mescla sucessos dos compositores como Batida Diferente, Canto de Ossanha, Moça Flor, Água de Beber e Tristeza de Nós Dois. Com ela, o trio formado por Fernando Corona (teclado), Haroldo Cazes (baixo) e Jovi Joviniano (percussão). Antes, às 19:00, Flavia Dantas faz uma homenagem à Nara Leão no show “Um Canto para Nara”, cantando um  repertório de distintas fases: desde a época da bossa nova (Tom Jobim, Vinicius de Moraes, Carlos Lyra, Roberto Menescal, João Donato), passando pelo seu flerte com os compositores de morro (Zé Keti, Cartola e Nelson Cavaquinho), até a MPB pós-bossa (Chico Buarque e Caetano Veloso).
Bottle's Bar - Beco das Garrafas: Rua Duvivier, 37. Lojas J e K. Copacabana - 96800-8683. Sáb, às 19 e 21:30h. R$20 (1º show), R$30 (2º show) e R$40 (os dois shows). Não recomendado a menores de 18 anos.


JULI MARIANO E OLIVIA MANSUR NO BOTTLES BAR - BECO DAS GARRAFAS -25/04/2014

SEXTA | 25 DE ABRIL
Juli Mariano e Olivia Mansur
A cantora carioca interpreta sucessos dos grandes compositores da bossa nova acompanhada por Nito Lima (violão) e recebe convidados especiais. Às 21:30, Olivia Mansur e Paulo Midosi Trio apresentam o show “Nos Tempos do Beco” em homenagem ao Beco das Garrafas.
Bottle's Bar - Beco das Garrafas: Rua Duvivier, 37. Lojas J e K. Copacabana - 96800-8683. Sex, às 19 e 21:30h. R$20 (1º show), R$30 (2º show) e R$40 (os dois shows). Não recomendado a menores de 18 anos.


San Francisco Jazz Collective - And What if i Don't [2006]

San Francisco Jazz Collective - Maiden Voyage [2006]

Joshua Redman - Soul Dance

quinta-feira, 24 de abril de 2014

HOMENAGEM A PIXINGUINHA NA ARLEQUIN 26/04/2014


Patti Austin & Trio - Too Close For Comfort

Rael com participação da inglesa Jesuton dia 01 de Maio no Bourbon Street


  
Indo do rap ao afrobeatRael faz show com repertório do novo cd, que temprodução da dupla norte-americana Beatnick& K- Salaam 
 
No show que apresenta no Bourbon Street, além das músicas do novo cd  “Ainda Bem que Eu Segui as Batidas do Meu Coração”, Rael interpreta canções de seu primeiro álbum, "MP3 - Música Popular do Terceiro Mundo", e alguns covers de artistas que influenciaram sua trajetória. A banda que o acompanha é formada por Bruno Dupré (guitarra), Muka (bateria), Rato (baixo), Bruno Marcucci (teclado) e DJ Soares. 
 
Rael  
Desde que se lançou oficialmente em carreira solo, em 2010, Rael sempre foi conhecido por agregar a seu rap vários elementos de outros gêneros musicais. Dos amigos músicos ouvia: “seu som vai além, tem reggae, tem dub, tem samba”. Aos fãs sempre agradou pelas melodias dos refrões, daqueles que ficam na cabeça.
Sim, existia o risco de acabar em uma cilada - uma grande salada de ritmos e refrões grudentos –,mas Rael soube fazer dessa marca uma virtude e com muita naturalidade.
Sendo assim, se em seu primeiro álbum, “MP3 – Música Popular do Terceiro Mundo” (2010), essas características suas não passavam batidas, em “Ainda Bem que Eu Segui as Batidas do Meu Coração”,são elas que dão o tom.
O disco ganhou as ruas em março e está disponível para download gratuito no site raeloficial.com.
“Ainda Bem...” já nasceu com parcerias. A primeira foi com o Laboratório Fantasma, selo de Emicida, que proporcionou a ele a chance de trabalhar da maneira que queria e passa a agenciar sua carreira a partir de agora.
Rael decidiu também deixar de lado o sobrenome artístico que o acompanhava até então e vira e mexe o deixava em saias-justas, tendo que explicar que, apesar de ser “da Rima” e do rap – sim, sempre, com muito amor, até o final -, sua onda não é fazer freestyle.
Pois bem, definida essa primeira etapa, propositalmente, para somar com seu rap de influências jamaicanas, africanas e, mais do que nunca, brasileiras, foi convocada a dupla de produtores norte-americanos Beatnick&Salaam, que tem no currículo trabalhos com nomes como 50 Cent e Lauryn Hill, além do próprio Emicida.
Em julho de 2012, os gringos desembarcaram no Brasil e se trancaram nos estúdios da Trama, em São Paulo, com o rapper. Eseguindo as batidas do seu coraçãoRael foi transformando em música o que amadurecia como ideias haviapouco mais de um ano.
“Semana” foi a primeira a nascer. História de amor, voz e violão. E logo vieram “Caminho”, com pegada afrobeat, impossível ouvir sem dançar. A faixa foi a primeira a ser lançada como single e ganhou um webclipe (http://www.youtube.com/watch?v=EmY6PAhTCSk).
Para “Tudo Vai Passar” recrutou o parceiro do PentagonoMSário. “Anda” é outra para dançar.
“Leão de Judah”, “Só Não Posso”, “Diáspora”, “Pedindo pra Deus” e “Diferenças” são crônicas de um cotidiano queRael viu de perto. “Quizumba”, hit entre os fãs após ele tocá-la nos shows, ganhou roupagem dancehall. “Ela me Faz”, lançada como single com videoclipe de Fred Ouro Preto em 2011 (http://www.youtube.com/watch?v=6bIuY7VoI1I), também entrou no repertório.
“Coração” é outra já “conhecida”. Teve seus primeiros versos registradosno clipe da canção “Vejo Depois”, mas agora ganhou continuação e o toque feminino de Mariana Aydar.
“Oya”, de Carica e Prateado,é a única que não é de sua autoria. Fã de samba, Rael já pensava, desde o início do projeto, em gravar algo do gênero. Escolhida a faixa, chamou o parceiro Emicida para somar com suas afiadas rimas eum grande sambista. Péricles, que também havia gravado “Oya” em seu álbum, aceitou na hora. 
“Causa e Efeito” é, talvez, a que melhor sintetize o momento atual do rap (e do artista), num resumo também do que é “Ainda Bem que Eu Segui as Batidas do Meu Coração”: “Pra eu viver o rap eu dei foi minha vida/Liberta várias mentes e cura várias feridas/Não consegui nada nessa vida chorando/Não arrumei nada nessa vida tirando/Não aprendi nada desacreditando/Não se conquista nada, irmão, só reclamando”, diz ele nos versos da canção.
 
O disco saiu do forno com um clipe: “Semana” foi a escolhida (http://www.youtube.com/watch?v=kE5QrJ68I7U), com direito a Emicida na direção, ao lado de Felipe Rodrigues.
 
O show que marcou o início da tour aconteceu no Sesc Vila Mariana, em São Paulo, com ingressos esgotados, seguido por muitas outras apresentações por todo o Brasil, com casa cheia.
 
Em julho, a tour do novo álbum desembarcou em Nova York. Rael se apresentou na lendária casa Joe’s Pub, conhecida por revelar talentos como Amy Winehouse e Adele.
 
O reconhecimento do público se tornou também de crítica: o disco foi indicado ao Prêmio Multishow, na categoria Música Compartilhada, e entrou na lista de melhores do ano da revista Rolling Stone.
 
 
Rael na internet:
Twitter: @raelepronto // Instagram:raeloficial
Minidoc “Ainda Bem que Eu Segui As Batidas do Meu Coração”:http://www.youtube.com/watch?v=2nokfTFBZYY
Videoclipe “Ela me Faz”:http://www.youtube.com/watch?v=6bIuY7VoI1I
 
Serviço 
 
Local: Bourbon Street | Rua Dos Chanés, 127 – Moema – SP
Bilheteria Bourbon Street: Rua dos Chanés 194 – de 2ªf.a 6ª.f das 9h às 20h, sábado e feriado das 14h às 20h
Fone para reserva: (11) 5095-6100 (Seg. a sexta) das 10h às 18h
 
Data : 01/05/2014 – quinta-feira
Horário: 22h30
Abertura da casa: 21h
Duração: 90 min. aproximadamente
 
Couvert Artistico: R$ 70,00
Venda também pela Ingresso rápido - 11 4003 1212 - www.ingressorapido.com.br
 
Censura: 18 anos e 16 anos acompanhado de responsável
Capacidade: 400 pessoas
Estacionamento/ Valet: R$ 20,00
Aceita todos os cartões de débito e crédito.
Acesso para deficientes.
Ar condicionado.
Wi-fi – solicitar senha na casa
Informações para a imprensa Rael  
Marina Santa Clara Y. Feliciano
Tel. (11) 2371-9854/(11) 7829-2778
 
Assessoria de imprensa Bourbon Street
Maria Inês Costa maic@maic.com.br
11 99237.8666/ 3277.8763

TARYN NO SHOW NEGRO BLUE NO OTTO MUSIC HALL EM 25/04/2014


NO OLHO DA RUA SAMBA JAZZ TRIO NO IBEU DO MEIER


CINE JAZZ UFF